Skip to content

TI para Negócios

Como fazer a tecnologia trabalhar pelo seu sucesso e da sua empresa

O Brasil atualmente abriga cerca de 160 milhões de pessoas que não possuem convênio médico e dependem 100% da saúde pública. Este cenário tornou possível o nascimento da plataforma Vida Class, que está no mercado para unir o paciente e o médico por geolocalização.

Com a proposta de oferecer acesso a serviços de saúde a preços competitivos para essa população que não possui convênio médico, a Vida Class disponibiliza serviços das mais diversas especialidades, bem como exames de imagens e laboratoriais, sem que o usuário tenha que pagar qualquer mensalidade ou uma taxa de adesão. O cliente só paga uma taxa administrativa quando efetivamente adquirir uma consulta ou um procedimento.

Para Vitor Moura, CEO da startup, a criação da Vida Class também ajuda a diminuir as filas do Sistema Único de Saúde (SUS), onde a população chega a esperar até seis meses para agendar uma consulta ou exame. “Você passa de meses a anos para ser atendido e enquanto isso acontece, as doenças estão se agravando e esses brasileiros são esquecidos e morrem nas filas. Portanto, dar acesso rápido a um exame e uma consulta acelera diagnóstico”, alerta o CEO, dando ênfase ao impacto social que a Vida Class gera.

Por oferecer serviços médicos a preços acessíveis para o paciente, a Vida Class torna a saúde democrática, popular, no qual o indivíduo é cada vez mais empoderado e decisor de suas próprias escolhas. É uma relação win-win em que paciente e médicos são beneficiado pela velocidade no serviço, agendamentos em tempo real, diminuição da usual burocracia brasileira, antecipação de diagnóstico e facilidade no pagamento/recebimento.

A plataforma funciona pelo site ou por meio de um aplicativo. “O usuário realiza o cadastro de forma gratuita, e pode fazer a busca pelo serviço que precisar: consultas médicas ou exames à sua escolha e ainda com filtro por preço ou proximidade”, diz Vitor. São, ao todo, três diferentes serviços: agendamento de consultas, agendamento de exames e descontos em farmácias por intermédio do Vida Class Farma, (atualmente em mais de 22 mil farmácias em todo o país, com descontos de até 60% em 95% dos medicamentos comercializados no Brasil). Para este serviço, é necessário aderir a uma mensalidade de R$ 7,99, que tem como contrapartida um bônus mensal de R$ 8,00 nos celulares pré-pagos.

Com mais de 10 mil parceiros cadastrados, para consultas e exames, a expectativa da startup é aumentar para 50 mil o número de prestadores e 500 mil usuários cadastrados até o final de 2018. A Vida Class realiza todas as suas transações a partir do site (www.vidaclass.com.br/) ou pelo próprio aplicativo disponível gratuitamente na Apple Store e no Google Play. “A nossa ideia é fazer com que toda a população brasileira se beneficie de ótimos serviços, como os oferecidos em clínicas particulares, com o diferencial do preço acessível”, finaliza Vitor.

Fundada em 1951 pelo empresário Carlos Fernando de Carvalho, a construtora Carvalho Hosken, umas das principais empresas de engenharia e construção do Rio do Janeiro, especializada no desenvolvimento de condomínios com grandes espaços e qualidade de vida, migrou toda sua operação SAP para a nuvem corporativa da CorpFlex e conseguiu uma redução de custos em infraestrutura de TI de 30%.

A empresa, que trabalha com grande volume de informação e dados de suas obras, precisava de uma atualização tecnológica, em seu parque de servidores, para continuar garantindo para suas aplicações alta disponibilidade, performance e escalabilidade e iniciou uma pesquisa no mercado em busca da melhor solução. As opções eram duas: investir em equipamentos de infraestrutura e licença e, dessa forma, continuar fazendo CAPEX, ou direcionar para investimentos OPEX, com recursos mensais, recorrentes, em um montante menor.

“Nessa época de conceitos disruptivos, investir em OPEX se torna a melhor alternativa. E esse foi um ponto importante para a Carvalho Hosken. Eles estavam em um momento de decisão, queriam saber se continuariam investindo em equipamentos, que estariam obsoletos em alguns anos, ou se iriam para uma operação OPEX. Ajudamos a tangibilizar os valores e eles tiveram uma redução de 30% nos custos”, explicou Edivaldo Rocha, CEO da CorpFlex.

O projeto foi idealizado a quatro mãos e, além da redução de custos, a construtora ganhou maior disponibilidade performance e escalabilidade a operação de TI. Ao todo 18 servidores foram migrados para a nuvem, sem qualquer impacto nas obras em andamento. Segundo Marcos Gomes, executivo de TI da Carvalho Hosken, o trabalho em equipe e a qualificação do time foi um grande diferencial:

“Trabalhamos em conjunto e montamos um projeto personalizado para rodar o nosso SAP. Passamos a ter um custo mensal fixo e a contar com um time multidisciplinar e treinado para administrar toda a nossa infraestrutura computacional. Agora temos um ambiente facilmente escalável e flexível, que pode se moldar de acordo com o crescimento e com demandas momentâneas da construtora. Nosso trabalho ficou mais ágil e confiável e nossa equipe pode, agora, agir de forma mais estratégica”, celebrou Gomes.

A Rimini Street, Inc. – fornecedora global de produtos e serviços de software corporativo para produtos Oracle e SAP – anuncia hoje que a Atento está economizando 60% do custo total anual de manutenção do seu SAP com a mudança de suporte da SAP para a Rimini Street. A Atento é a principal fornecedora de serviços e soluções de relacionamento com o cliente na América Latina e está entre os três primeiros fornecedores desse setor em todo o mundo, com forte presença operacional em 15 países. Além da substancial economia conquistada, a Atento pode rodar sua versão global, robusta e estável SAP ECC 6.0 por pelo menos 15 anos sem a necessidade de atualizações e com suporte completo.

Reduzindo Dependência em SAP, Sem Benefício Atual em Migrar para S/4HANA

Em 2015, a Atento embarcou na missão de reduzir sua dependência e custos com SAP. Embora a empresa precise bastante de suas estáveis aplicações SAP, componente essencial de suas atividades comerciais em 15 países, a Atento não via benefício atual em despender recursos para uma cara reestruturação de plataforma para a migração ao S/4HANA – principalmente devido à falta de ROI necessário para apresentar um projeto de negócios sólido para a mudança. Em vez disso, a Atento determinou que suas completas, estáveis e customizadas aplicações SAP ofereciam e mais potencial de negócios e capacidade que a imatura plataforma S/4HANA e que sua plataforma ECC atual suportava os negócios e necessidades atuais e futuros. Com esse entendimento, Atento a Atento buscou um parceiro que pudesse ajudá-los a maximizar os investimentos atuais em SAP, provendo valor agregado e suporte mais responsivo, selecionando assim a Rimini Street.

“Temos um custo de manutenção muito alto se comparado ao retorno para um investimento anual tão considerável”, comenta Rogério Ribeiro, CIO da Atento para a América Latina, Europa e América Central. “Com a mudança para o suporte da Rimini Street, reduzimos imediatamente nosso custo anual de suporte em 50%. No entanto, quando reunimos todos os custos extra com chamados de suporte que abrimos com a SAP e nunca foram resolvidos e com o suporte que nós mesmos tivemos que fazer, calculamos uma economia de aproximadamente 60% do nosso custo total anual de manutenção. ”

Suporte Premium e um Conselheiro Confiável

Assim como acontece com todos os clientes da Rimini Street, a Atento recebe o atendimento de um Engenheiro de Serviço Primário (PSE) com uma experiência média de 15 anos nas aplicações e tecnologias SAP. Todos os clientes contam também com o acordo de nível de serviço líder da Rimini Street, que garante um tempo de resposta de até 15 minutos para problemas críticos.

“A nossa mudança para a Rimini Street trouxe vantagens além do esperado, como tempo livre disponível para a nossa equipe de TI focar em tarefas mais estratégicas”, afirma Ribeiro. “Como o suporte da companhia é realizado por engenheiros experientes e com profundo conhecimento do produto com o qual trabalham, o processo de solução de problemas tem sido mais rápido. Outro ponto positivo é que a empresa oferece soluções prontas para uso. Assim, não precisamos contratar um consultor para fazer ajustes nas soluções.”

Com o suporte da Rimini Street, a Atento passou por uma consolidação de suas instâncias de ERP e a empresa possui agora uma plataforma comum para os seus estabelecimentos em 15 países. A Rimini Street também oferece à Atento suporte em relação às atualizações tributárias, legislativas e regulatórias no Brasil durante o ano. Esses complexos updates são apresentados por meio de uma combinação inovadora de tecnologia da empresa (com patente pendente), uma metodologia comprovada, e processos de desenvolvimento certificados pela ISO 9001 para garantir que os clientes recebam produtos precisos e de alta qualidade. Até o momento, a Rimini Street emitiu mais de 135.000 atualizações tributárias, legislativas e regulamentares no mundo todo.

“Há dois anos, a Atento confirma os benefícios esperados com a mudança para a Rimini Street. A Atento está em uma posição semelhante à de muitos licenciados da SAP na América Latina e em todo o mundo que desejam impulsionar as suas atuais e robustas versões por muitos anos e simplesmente não encontram ROI ou valor de negócios para gastar com fundos e trabalho substanciais necessários para fazer a migração para o S/4HANA”, diz Edenize Maron, Gerente Geral da Rimini Street para a América Latina. “De fato, segundo uma pesquisa global que realizamos recentemente, 89% dos participantes planejam continuar a executar as suas atuais versões SAP ERP e 65% não têm planos ou não estão engajados em migrar para o S/4HANA[1]. A Rimini Street está totalmente focada em ajudar os licenciados de sistemas de gestão empresarial a gerarem um valor significativo a partir de suas aplicações estáveis e robustas de ERP, permitindo que realoquem recursos significativos para iniciativas mais estratégicas.”