Skip to content

TI para Negócios

Como fazer a tecnologia trabalhar pelo seu sucesso e da sua empresa

Archive

Category: Carreira

A CA Technologies, umas das principais empresas de tecnologia corporativa do mundo, apresenta Carlos Jacobsen como vice-presidente da unidade de negócios de Mainframe e Renewals para a América Latina. A chegada do executivo faz parte da movimentação da companhia para alinhar a estrutura operacional com as demandas de mercado em toda a região.

Com mais de 20 anos de experiência no mercado de TI, Jacobsen fortalecerá uma das áreas mais importantes para operações da CA Technologies. Formado em Engenharia pela Mackenzie, Jacobsen é especialista em Desenvolvimento de Negócios no Mercado de Software. Em sua trajetória profissional, o executivo passou pela Ernst & Young, Enterasys Networks, Compuware e, mais recente, pela BMC, onde liderava a área de vendas de Mainframe para América Latina.

“Estou motivado com este desafio e pela oportunidade de colaborar com o desenvolvimento da CA Technologies. Nosso foco é no cliente e como podemos maximizar os benefícios da plataforma para o seu negócio”.

De acordo com a IDC, as empresas que adotaram o mainframe conectado estão obtendo um ROI de 300% em um prazo de 10 meses e mais US$ 200 milhões em receita de aplicativos.

Com 41 anos de atuação global, sendo 37 deles no Brasil, a CA Technologies emprega 11.000 funcionários espalhados em 40 países. A América Latina é uma das regiões estratégicas da companhia, estando presente, além do Brasil, no México, Colômbia, Argentina, Chile e Peru. Exclusivamente focada em software, a CA atende a grande parte das corporações listadas na Global Fortune 500 e dez dos maiores bancos do Brasil, oferecendo as ferramentas e tecnologia para que forneçam aplicativos e serviços de alta qualidade para seus clientes. A receita da companhia no ano fiscal de 2017 foi de US$ 4.036 bilhões e a previsão é que obtenha um aumento de 4% no ano fiscal de 2018.

Para consolidar sua estrutura no Brasil, o Grupo SONDA, maior companhia latino-americana de serviços e soluções de tecnologia, acaba de nomear Affonso Nina como CEO Brasil, respondendo pelas empresas SONDA IT, CTIS, SONDA Ativas e Pars. Os atuais presidentes dessas quatro companhias, Eduardo Borba, Avaldir Oliveira, Gutembergue Rodrigues e Celso Azanha, respectivamente, passam a reportar-se diretamente para o executivo.
Affonso Nina chega à companhia para promover maior sinergia entre as empresas do Grupo no Brasil, dando continuidade ao atual ciclo de expansão no País, que se iniciou em 2007 com a compra da Procwork e tem seguido como parte do plano global de investimentos. Para este período, que contempla o triênio de 2016 a 2018, a companhia está aportando a quantia de US$ 790 milhões, sendo US$ 540 milhões destinados para materializar aquisições e US$ 250 milhões para fomentar investimentos em crescimento orgânico.
“Nosso objetivo como grupo é alavancar o potencial de todas as aquisições realizadas nos últimos anos para trazer aos nossos clientes as melhores soluções de negócio com uso intensivo da tecnologia. Estamos reafirmando a confiança da empresa no Brasil e seu compromisso de continuar investindo neste mercado estratégico”, explica Affonso Nina.
O executivo, que é formado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e possui MBA em Administração pela Columbia University, acumula mais de 20 anos de sólida experiência em cargos de liderança. Affonso Nina foi presidente da Carlson Wagonlit e da Genpact, além de ter passagens em cargos diretivos pela EDS (Electronic Data Services), HP Enterprise Services e GE Capital, entre outras.
Segundo Raul Vejar, CEO da SONDA S.A., com essa alteração organizacional, o Grupo SONDA reafirma sua confiança no Brasil e seu compromisso de continuar investindo neste mercado estratégico.

A Unisys Corporation (NYSE: UIS) anuncia a contratação de Eduardo Almeida como Vice-presidente e Gerente Geral para a América Latina. Nesta função terá a responsabilidade de liderar e expandir os negócios da Unisys na região, que representa atualmente 10% das receitas globais da companhia. Eduardo está baseado em São Paulo e reporta-se diretamente a Eric Hutto, VP Sênior e Presidente Global de Enterprise Solutions.

O executivo traz mais de 20 anos de experiência na indústria de tecnologia, tendo atuado em ambientes multiculturais e também em projetos internacionais, em países como Brasil, México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, entre outros. Em sua carreira acumula passagem de destaque pela Cisco, onde atuou por 19 anos em funções executivas, tendo liderado áreas como vendas, marketing, serviços e canais para a região da América Latina. Eduardo também comandou por quase dois anos as operações da Extreme Networks no Brasil e Cone Sul. Mais recentemente, exerceu a função de diretor-geral de vendas da Genesys.

Graduado em Ciência da Computação pela Universidade Mackenzie e com Especialização em Marketing e Estratégia de Negócios pela FIA (Fundação Instituto de Administração), Eduardo possui ainda MBA em Gestão de Negócios pela FGV (Fundação Getúlio Vargas).

“Estamos orgulhosos de trazer o Eduardo para liderar nossa equipe da Unisys na América Latina enquanto nos esforçamos para alcançar o alto potencial de crescimento que a região oferece”, comenta Eric Hutto. “A carreira de Eduardo é marcada pelo seu sucesso e capacidade de desenvolver e liderar seus times, enquanto suas equipes podem concentrar-se intensamente no sucesso do cliente. Seu foco será na construção de relacionamentos de longo prazo com clientes e parceiros para alavancar o portfólio de produtos e soluções da Unisys. Eduardo e sua equipe ajudarão nossos clientes a alcançarem o resultado que mais almejam: sucesso em seus negócios através da transformação digital”, finaliza.

“Estou bastante entusiasmado em ingressar na Unisys, uma empresa cuja trajetória na região de quase 100 anos e os relacionamentos estratégicos desenvolvidos com clientes a posicionam de forma diferenciada no mercado de TI, no qual tecnologias de data analytics, cloud, serviços gerenciados e a proteção contra ameaças cibernéticas se fazem cada vez mais presentes e demandam relações estratégicas entre as organizações”, comenta Almeida. “Esse dinâmico cenário de mercado aliado a nosso conhecimento e propriedade intelectual nas mais diversas verticais de indústria reforçam minha convicção de que temos uma extraordinária oportunidade na América Latina em conduzir a companhia rumo a uma jornada de crescimento e expansão”.