Carreira - TI para Negócios Skip to content

TI para Negócios

Como fazer a tecnologia trabalhar pelo seu sucesso e da sua empresa

Archive

Category: Carreira

Por Manoel Rocha

Quando se fala de RH dentro de uma empresa logo vem à cabeça uma série de etapas: folha de pagamento, gestão por desempenho, avaliação de performance, medicina do trabalho, gestão de ponto eletrônico, segurança do trabalho e por aí vai. No dia a dia, existem tarefas que tornam a área de Recursos Humanos extremamente operacional, fazendo com que sobre pouco tempo para a realização de ações mais estratégicas.

Entretanto, com o avanço da tecnologia e da mobilidade, estamos passando por uma fase de transição.

Assim como ocorreu com o ERP há alguns anos, o segmento de Recursos Humanos também vem passando por um processo de consolidação dentro das corporações. Voltando um pouco no tempo, podemos lembrar que haviam empresas especializadas em contabilidade, financeiro, estoque etc, fazendo com que as operações fossem descentralizadas e independentes.

Para facilitar os processos e ter mais controle e precisão na gestão, ocorreu a unificação dos sistemas e a consolidação do ERP, causando na época uma verdadeira revolução tecnológica. Acontece que o departamento de RH ficou fora dessa consolidação e, hoje, a área vem acelerando o processo de automação para se tornar mais estratégica dentro das companhias.

Diante disso, listamos três importantes tendências de tecnologia da informação para o RH. Confira:

1- Unificação de sistemas e países

As empresas querem ter acesso a todos os sistemas de RH ao mesmo tempo, incluindo a gestão de todas as operações, sejam elas nacionais ou internacionais. A administração de RH para as multinacionais precisa ser global e de preferência feita por meio de uma solução única e integrada, que possibilite concentrar os dados das operações de todos os países em um único lugar. Assim, o gestor consegue saber de tudo online e a qualquer momento, tornando muito mais fácil e assertiva a tomada de decisão.

2 – Gestão de ponto via GPS

Por conta da necessidade de flexibilidade nos mais diferentes modelos de trabalho, inclusive com as alterações propostas na Reforma Trabalhista, as empresas precisam se adequar e serem amparadas por tecnologias que permitam, por exemplo, bater o ponto remotamente e garantir que as políticas sejam inteiramente respeitadas. Hoje em dia, existem sistemas de RH no mercado que possibilitam a gestão do ponto eletrônico por GPS via smartphoness.

3 – Robotização e Inteligência Artificial

O uso de robôs para automatizar atividades operacionais está a cada dia mais presente na rotina dos profissionais de RH. Contar com um sistema que utiliza conceitos de inteligência artificial para processar folha de pagamento, por exemplo, é essencial para reduzir o tempo da equipe com tarefas manuais e liberar os profissionais para realizar um RH mais estratégico.

Portanto, não dá para deixar de lado a automação dos processos na área de RH. Se a sua empresa quer ter mais eficiência e assertividade na gestão dos colaboradores, retendo a mão-de-obra estratégica, é fundamental contar com a tecnologia certa para isso.

Manoel Rocha é VP de Tecnologia e sócio-fundador da Apdata, empresa de software, consultoria e serviços de terceirização em RH.

Há três anos como gestora de operações de vendas para a América Latina e Caribe na NCR, Mariana Miranda agora assume o cargo de gerente sênior de Marketing da NCR no Brasil e América Latina, sendo responsável pelas ações e estratégias para as verticais de varejo, finanças e hospitalidade nessas regiões.

“É uma excelente oportunidade trabalhar com o time de marketing das verticais de varejo, finanças e hospitalidade e contribuir com o know how já adquirido durante estes anos na NCR. Meu objetivo é direcionar a equipe com ações estratégicas para fortalecer a presença da NCR na América Latina e no Brasil, mantendo nosso posicionamento de liderança no mercado”, afirma Mariana Miranda.

Em sua trajetória profissional, Mariana trabalhou como gerente de operações de vendas em empresas como Samsung e Lenovo. A executiva é graduada em administração de empresas, pós-graduada em Gerência de Gestão de Negócios com ênfase em Marketing e atualmente está cursando MBA de Gestão Comercial na FGV.

Sobre a NCR Corporation

A NCR Corporation (NYSE: NCR) é líder em soluções omnichannel, transformando as interações cotidianas com as empresas em experiências excepcionais. Com software, hardware e um portfólio de serviços, a NCR executa mais de 700 milhões de transações todos os dias dentre os setores de varejo, financeiro, de viagem, hospitalidade, telecomunicações, tecnologia e pequenas empresas. As soluções da NCR executam as transações diárias que tornam a vida mais fácil.

A NCR tem sede em Duluth, na Geórgia, possui aproximadamente 30.000 colaboradores e realiza negócios em 180 países. NCR é uma marca registrada da NCR Corporation nos Estados Unidos e em outros países.

A Indra, uma das principais companhias globais de tecnologia e consultoria do mundo, reforça sua aposta pelo talento jovem em 2018 com a nova edição do programa Smart Start, programa que visa incorporar em 2018 mais de 3.000 jovens profissionais a nível mundial, sendo 220 deles no Brasil. Esta é a maior edição do programa no Brasil: nas duas edições anteriores, o total foi de aproximadamente 130 jovens profissionais.

O objetivo da Indra é atrair e reter os melhores talentos para aumentar seu leque de profissionais em todas as áreas de negócio, reforçando a aposta pela transformação digital e o desenvolvimento de novas soluções e serviços.

Para isso, a companhia quer contribuir com a formação e desenvolvimento destes jovens, assegurando sua integração em equipes de prestígio, junto a profissionais que gerenciam muitos dos projetos mais inovadores e ambiciosos a nível mundial, com soluções tecnológicas líderes em diferentes setores e com impacto real na sociedade. Os jovens talentos contam, ainda, com programas específicos de formação, desenvolvimento, avaliação e progressão profissional para seus dois primeiros anos na companhia.

O principal público-alvo do Smart Start são universitários que estejam finalizando seus estudos e recém-formados interessados em se desenvolver no setor tecnológico, preferencialmente graduados em áreas ligadas à ciência e tecnologia. Pessoas inovadoras, proativas e com vontade de participar de projetos que abarcam desde a consultoria de negócio e tecnológica, até a engenharia, o desenvolvimento de soluções e a produção de software.

O Smart Start cobre assim tipos variados de perfis, adequados aos diferentes mercados e áreas da Indra. Graças ao plano de carreira, cada profissional se situa no lugar mais adequado da organização, em função de seus conhecimentos, capacidades e atitudes.

Inovação, formação, diversidade e compromisso

A Indra quer tornar os jovens participantes de sua transformação cultural e seu compromisso com a inovação. O novo talento que se incorpora à companhia tem a possibilidade de participar com suas ideias mais disruptivas dos desafios que a Indra propõe a seus profissionais, para responder às necessidades dos diferentes setores e para mobilizar, canalizar e tirar o máximo partido do talento interno mediante o intraempreendedorismo. De fato, na segunda edição da convocatória interna de ideias, Innovators, foi destacada a importância da participação do talento jovem.

A formação contínua oferecida pela Indra Open University e um ambiente de trabalho flexível, comprometido com a igualdade de oportunidades e com a diversidade; um novo plano de voluntariado, com propostas renovadas. e iniciativas como as Tecnologias Acessíveis, para reduzir a brecha digital e colocar a inovação a serviço das pessoas com deficiência são outros dos atrativos que a Indra oferece à geração Z.

Programa ambicioso para uma gestão integral do talento

Os candidatos que ingressarem na Indra poderão desenvolver uma carreira profissional de alcance internacional em uma companhia líder a nível global, em pleno crescimento e com projetos em diversas áreas, algo muito atrativo no mercado laboral. Além disso, terão a possibilidade de participar do desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras destinadas aos projetos-chave de grandes empresas e instituições, clientes da Indra nos cinco continentes.

A ambição do programa Smart Start, que se está enriquecendo e adaptando constantemente, reflete a aposta da Indra pelo talento jovem para impulsionar seu crescimento e reforçar sua liderança.

A companhia vem se adaptando aos valores e requerimentos da chamada geração Z e reforçou com novas iniciativas este programa que integra os diferentes âmbitos relacionados com a gestão do talento jovem.

Além de lançar programas específicos de formação, desenvolvimento, avaliação e progressão profissional para os dois primeiros anos dos jovens talentos na companhia, a Indra está impulsionando novas ações de captação e employer branding com o objetivo de potenciar seus atributos como lugar de trabalho; melhorou também o processo de incorporação, com um plano de boas vindas que inclui informação prática, que facilita os primeiros meses de trabalho na Indra, e o apoio de colegas e mentores. Smart Start inclui, ainda, pesquisas e análises para o acompanhamento dos jovens, e identificação das melhores práticas para replicar nos diferentes países as ações e políticas que dão melhores resultados.

Hack days, bootcamps e maior colaboração com centros de Formação Profissional

Entre as novidades que estão sendo incorporadas este ano ao Smart Start, se destaca a organização de hack days, agendas de um dia dirigidas a jovens talentos que, mediante formação e mentorização, ajudam a potenciar a criatividade e a inovação com o objetivo de identificar e responder desafios concretos por meio da tecnologia. O primeiro deles, dirigido a mulheres universitárias, aconteceu no dia 22 de março para dar visibilidade ao talento feminino e mostrar a confiança da Indra em seu poder para melhorar a sociedade e o compromisso da companhia com o progresso profissional das mulheres.

Igualmente, a Indra está organizando bootcamps nos quais, através de sua Universidade Corporativa, Indra Open University, dá formação intensiva a possíveis candidatos em diferentes tecnologias muito demandadas como Java, Angular e Front Analytics, entre outras, durante várias semanas. Esta formação se complementa com o desenvolvimento de outras habilidades como comunicação, pró-atividade, responsabilidade e compromisso. Uma centena de jovens já participaram destes bootcamps, que finalizam com uma avaliação e entrevista de seleção, por meio da qual cerca de 65% dos candidatos já foram incorporados pela companhia.

A Indra também está potencializando sua colaboração com os principais centros de Formação de Pessoal, para participar da formação de jovens estudantes, além de facilitar para que os mesmos possam realizar suas práticas em algum dos centros de produção de software que a companhia mantém em diferentes cidades brasileiras.