Skip to content

TI para Negócios

Como fazer a tecnologia trabalhar pelo seu sucesso e da sua empresa

Archive

Category: Negócios

A HP Inc. anuncia hoje o lançamento do notebook HP 240, que vem com o sistema operacional Endless OS, desenvolvido com foco na inclusão de novos usuários na era digital. O HP 240 é um modelo ideal para as aplicações mais comuns e, com a parceria, oferecerá uma opção ainda mais acessível para novos usuários, pois combina a performance da HP com a usabilidade e o vasto conteúdo pré-instalado do Endless, acessível mesmo offline.

O sistema operacional foi desenvolvido com base em pesquisas em regiões onde a população tem acesso restrito à internet e grande familiaridade com smartphones. Ele vem com mais de cem aplicativos e ferramentas de trabalho e produtividade, incluindo uma enciclopédia com mais de 80 mil artigos, jogos educacionais, ferramentas para redigir documentos, planilhas e apresentações, e programas para editar vídeos e fotos, criar protótipos em 3D e ouvir música.

Para a HP, o produto representa uma oportunidade de oferecer soluções cada vez mais personalizadas de acordo com a necessidade de seus usuários. Segundo Bruno Ortolani, Gerente de Produtos da HP Inc., o foco da empresa é a experiência do usuário. “Oferecer um produto que promove inclusão digital e permite que a HP alcance um número cada vez maior de pessoas que, mesmo sem conhecimento prévio, terão oportunidade de adquirir seu primeiro notebook e usá-lo sem dificuldade ou limitações devido à conexão”, afirma Ortolani.

Para a diretora geral da Endless no Brasil, Roberta Antunes, “ao simplificar a experiência de uso do computador, que passa a ter valor para o usuário com ou sem internet, o sistema pode abrir as portas para um novo mercado: um vasto universo de usuários que sonha com o primeiro computador”.

O cenário brasileiro evidencia uma grande oportunidade. De acordo com a pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) encomendada pela Anatel, 6 milhões de residências brasileiras ainda não possuem acesso à internet por falta de cobertura e, de acordo com o Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), 68% dos domicílios ainda não têm computador portátil.

Com o produto a HP pretende expandir o mercado consumidor criando um novo conceito de computador que já vem pronto para família, sem necessidade de compra de pacotes adicionais. Além disso, a empresa enxerga outro público que será beneficiado pela parceria. “Empresas que buscam soluções educacionais por meio de uma plataforma acessível e que permite a adição de pacotes desenhados para fins de educação também poderão se beneficiar do novo produto”, conclui Ortolani.

O notebook HP 240 com Endless está disponível a partir de R$1499, com a configuração: processador Intel Core i3, memória de 4GB, disco de 500GB, tela de 14’ HD, webcam integrada e gravador de DVDRW. O produto está disponível no site da HP: www.lojahp.com.br.

“Olá, seja bem-vindo a este novo canal da Visa. Sou seu assistente pessoal e estou aqui para tirar suas dúvidas sobre os cartões Visa, benefícios, ofertas e nossas tecnologias..”. É assim que se inicia a conversa com o mais novo membro do time Visa no Brasil: o chatbot do perfil VisaBr no Facebook Messenger. A novidade representa uma das fronteiras do relacionamento com o consumidor e é uma maneira moderna e rápida de solucionar problemas e tirar dúvidas com praticidade e comodidade.

Sua utilização é simples: basta chamar a página da Visa no Facebook para um bate-papo no aplicativo de celular ou no navegador. A plataforma funciona na base da conversa, como explica o vice-presidente de marketing da Visa, Sergio Giorgetti. “Tudo começou com a pergunta: ‘como é que a gente entrega mais informações sobre os produtos e as inovações da Visa?’ Aí, ao longo do desenvolvimento, descobrimos que a solução poderia ser uma comunicação direta e prática com a empresa”, explica o executivo.

O robô é capaz de responder até 90% das questões mais corriqueiras dos usuários sem recorrer à ajuda de humanos. Mas, muito além de responder às perguntas, o Bot foi projetado também para oferecer serviços agregados. Ao informar os 6 primeiros dígitos do cartão Visa, a ferramenta já apresenta os benefícios atrelados e mostra ofertas e promoções feitas sob medida. Por exemplo: é possível saber pelo bot informações sobre seguros viagem, restaurantes que fazem parte da parceria com o Restorando e novas ofertas do programa Vai de Visa.

“Estamos cada vez mais nos posicionando como empresa protagonista de inovação da indústria de meios de pagamentos, sendo que a comunicação e o atendimento ao portador também têm que refletir esse nosso compromisso. Esse é o terceiro projeto envolvendo machine learning que lançamos esse ano – já temos o bot do programa de educação financeira Finanças Práticas e o que desenvolvemos em parceria com o ShopFácil.com, no qual é possível comprar produtos nesta plataforma de conversação. A ideia é continuar investindo nesta solução, com a inclusão do Visa Checkout e a tecnologia necessária para a conexão com bots de emissores, estabelecimentos comerciais e demais parceiros”, conta Giorgetti.

O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de calçados. O ecossistema do setor é composto por 7,7 mil empresas nacionais, que produziram 944 milhões de pares de calçados em 2016. A partir desses números, levantados pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), podemos imaginar a imensa variedade de modelos, marcas e variações desse tipo de produto. Para identificar cada um deles na cadeia de abastecimento, nada melhor do que um padrão global. Assim, os sistemas de automação da indústria, dos distribuidores e do varejo – físico e e-commerce – facilitam todas suas operações logísticas e de gestão.

A identificação padronizada se tornou uma necessidade maior ainda com a consolidação do e-commerce no Brasil, um mercado em expansão. As compras online atingiram faturamento em torno de R$ 44,6 bilhões em 2016, segundo dados do relatório Webshoppers, realizado pela consultoria especializada Ebit. As empresas calçadistas que adotam o código de barras padrão GS1 percebem as vantagens competitivas ao terem seus produtos identificados por um padrão global. De acordo com o Google, os anunciantes do Google Shopping, por exemplo, constatam que quem aplicou os GTINs corretos aos dados dos seus produtos atingiram aumentos de até 20% nas taxas de conversão. Inciativas como essa visam integrar as buscas dos usuários com lojas que exibem produtos relevantes com fotos e opinião do público que já teve contato com aqueles itens consultados.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, João Carlos de Oliveira, “a adoção dos padrões GS1 como o GTIN permite maior precisão na busca de cada item, além de aumentar as chances de destaque nas pesquisas dos produtos identificados com um padrão global”.

Além do mercado interno, físico ou online, o setor calçadista brasileiro é um grande exportador. Em 2016, de acordo com a Abicalçados, foram exportados 126 milhões de pares de calçados – um faturamento de US$ 999 milhões. Como seria, então, cumprir todas as etapas da rotina de documentos se os produtos não fossem identificados por um padrão adotado em todos os países? O GTIN, representado pelo código de barras, é uma das alternativas mais indicadas para a indústria calçadista se expandir cada vez mais.